Brasil

Machu Picchu : onde o passado e o presente se misturam.

Considerado um dos lugares mais incríveis do mundo, o sítio arqueológico de Machu Picchu, conhecido como a “cidade perdida dos Incas”, comemorou em 2011 seu centenário de descobrimento e realmente impressiona por agregar  em um só lugar a mística, a cultura e o conhecimento de matemática, astronomia, acústica e de técnicas agrícolas (sobretudo no cultivo de batata e milho) de um dos povos mais importantes que já viveram no planeta – os Incas. Eles habitaram o lugar entre 1438 a 1533 quando foram expulsos pelos espanhóis. A cidade foi toda construída por pedras com encaixes perfeitos que impressionam pela imponência de sua arquitetura e dimensão. Sem dúvida é o complexo arqueológico mais importante da América do Sul e um dos pontos mais visitados do Peru e do mundo.
As ruínas estão localizadas no topo de uma montanha a uma altitude de 2400 metros acima do nível do mar, no vale do rio Urubamba. O melhor período para visitação compreende os meses de maio a setembro pois são menores as chances de chuvas fortes que podem ocasionar o fechamento momentâneo do parque. A temperatura média no verão oscila entre 10 a 20 graus e no inverno chega a 0 grau. Isso vale também para Cusco que é a principal porta de entrada de quem vem do exterior para conhecer o local.

Falando nisso, chegar até as ruínas não é muito simples porém, vale muito a pena cada esforço desprendido. Para quem vai de avião, o primeiro destino é o Aeroporto Internacional Jorge Chávez em Lima, a capital do Peru. De lá, pega-se uma conexão de uma hora até o Aeroporto Internacional Alejandro Velasco Astete, em Cusco – a maior cidade até chegar a Machu Picchu e que também possui vários pontos de interesse turístico. São sítios arqueológicos, construções em pedra, igrejas e museus que reúnem um fantástico acervo da história dos antigos povos peruanos. Saindo de Cusco deve-se usar a cidade de Águas Calientes como base para as caminhadas de exploração a Machu Picchu pois esse vilarejo é muito próximo e conta com estrutura preparada para atender as milhares de pessoas que visitam o lugar. De Cusco para Águas Calientes o turista pode optar por ir de ônibus (com escala na cidade de Ollantaytambo e de lá pegar o trem por mais duas horas até o destino final), o trem direto (viagem de quatro horas) ou até mesmo a pé pela trilha dos Incas num percurso de 42 km que dura até quatro dias de caminhada. A última escala da viagem até o sítio arqueológico se faz de micro-ônibus e dura aproximadamente vinte minutos. Vale a dica de se aproveitar a estadia em Águas Calientes e vislumbrar o nascer e o pôr do sol , além de conhecer as termas locais e tomar um revigorante banho quente, principalmente após as caminhadas feitas durante o dia.
É recomendável a contratação de um guia local para os passeios devido ao conhecimento da história e das principais informações que ele poderá transmitir. Além disso, levar bastante água e lanche de trilha para aguentar os percursos e preferencialmente, fazer as visitas nas horas de pouca incidência do sol. Não esquecer também de usar muito protetor solar, labial e repelente. Para quem dispensar o guia, o parque oferece na portaria , um mapa para que você se localize sem maiores problemas. Lembre de comprar o ingresso para entrar no parque com antecedência em Cusco, Águas Calientes ou pelo site oficial pois o mesmo não é vendido no local.
Dentro do sítio arqueológico destacam-se para visitação a Praça dos Templos, o Templo Principal, o Templo do Sol e a Rocha Sagrada. O ponto culminante e deslumbrante do passeio é Huayna Picchu, a montanha íngreme que aparece nas imagens mais famosas da região e que se encontra a 2270 metros acima do nível do mar. Vale registrar todos esses pontos e momentos com muitas fotos e guardar na mente as imagens que ficarão para sempre eternizadas.

Conte com a gente para montar seu pacote completo. Certamente teremos as melhores condições de oferecer tudo que for necessário para a realização desse verdadeiro sonho de viagem.

Fonte : Internet –  site Melhores destinos.

Estadia de cinco dias em hotel 3 estrelas na cidade de Águas Calientes por R$ 662,72 para o casal, durante o mês de abril.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *